Cabelos, Moda

Coque lindo, fácil e estiloso!

Oi, pessoal!
.
Muitas vezes quase sempre nosso cabelo parece ter vida própria. Num dia ele está lindo e maravilhoso, e no minuto seguinte ele está um desastre.
.
O pior é que isso acontece de repente e normalmente quando acontece é  bem naquele dia que você precisa sair de casa rápido, e não tem tempo nem de se descabelar de nervoso mais. (!)
.
Então o que fazer quando não há tempo para uma super produção?
.
Muitas vezes, quando eu preciso sair e não tenho tempo de fazer o ritual [lavar, secar, pranchar] , apelo para o tradicional e monótono rabo de cavalo e pronto. Fica um visual bem sem graça, mas ao menos domo um pouco o cabelo rebelde.
.
Imagem do Google
.
Mas para fugir do rabo de cavalo e fazer algo eficiente e bonito, uma dica bem simples, legal e super na moda é o coque. Pois é!
.
E um que está dominando a cabeça da mulherada é o coque donut ou rosquinha [ele é grandão, lembrando aquelas rosquinhas de filme americano, sabe. E é feito com uma xuxinha grande ou uma parte da meia e grampos].
.
Imagem do Google
 .
Como fazer o coque:
( Selecionei da internet 3 passo-a-passo )
 
* Imagens obtidas no Google Imagens*
Post Anterior Próximo Post

O que você pode gostar também

2 Comentários

  • Avatar
    Responder Luiz Gustavo 19 de abril de 2013 at 19:42

    Realmente é belo…consegue-se fazer milagres…mas o ideal mesmo seria ter coragem pra cortar, caso desse trabalho demais…em tempos de feminismo a mulher é livre pra ser como quiser…

    • Avatar
      Responder Priscila Moraes 19 de abril de 2013 at 19:54

      Para homem pode parecer um pouco estranho, mas a relação entre mulher e o cabelo é quase que mágica, Luiz. Mostramos muito de como estamos nos sentindo através dele.
      E como você disse, hj a mulher é livre [ainda bem!] para ser como quiser. E eu, por exemplo, sou adepta do cabelo cumprido.. mas também acho lindo as mulheres com cabelo curto, colorido.

      O importante é sermos nós mesmos [e nos sentirmos bem com quem somos].

      Agradeço o comentário. Seja bem vindo ao blog.

    Deixe uma resposta