Reflexão

Pensando sobre esses meses de pandemia

Esse ano era para ser diferente para mim, pois havia feito promessa na virada de ano de que em 2020 iria me divertir mais, estar com outras pessoas, passear, viajar, viver de forma mais leve.

Como havia feito vários planos, comecei o ano aproveitando o verão e o carnaval, mas se eu soubesse o que estava por vir, teria feito mais.

Uma observação: Após o carnaval eu peguei um mega resfriado, que na época foi útil pois estávamos com problema de geosmina, deixando a água com cheiro e gosto péssimos, mas hoje acredito que possa ter sido covid, pois tive febre, perda total do olfato e paladar por 15 dias. Será?

Trabalhei normalmente na sexta-feira (13 de março) e na segunda-feira (16 de março) eu e todos os demais funcionários da empresa tivemos que trabalhar de forma remota. Imaginamos que a situação atípica duraria uma semana, em seguida pensamos que se estenderia por no máximo 1 mês… Em agosto tive que ir ao local de trabalho e foi um sensação bem estranha. Ainda não sabemos quando retornaremos e essa falta de data me deixa ansiosa.

Falando em ansiedade, desde o final de março convivo com o medo de pegar ou que meus pais peguem o coronavírus, o estresse com o aumento da demanda de trabalho e a falta de noção e empatia das pessoas e o nervoso de ficar trancada em casa. No final do dia, às vezes, nem eu me aguento. Espero que isso acabe e possamos voltar logo a vida normal e presencial.

Esse texto está meio confuso, mas para finalizá-lo, quero dizer 2 coisas. A primeira é que não me senti a vontade para postar resenhas sobre produtos de beleza enquanto o ano está tão diferente e a segunda é uma rápida e óbvia reflexão, a de que é importante estarmos com as pessoas que gostamos (neste momento precisa ser virtualmente) e viver de forma leve e feliz, pois não sabemos se de repente todos os nossos planos serão esfacelados ou mesmo se estaremos aqui para tentar cumprir nossa listinha de ano novo.

Lembre-se use máscara, higienize as mãos, não aglomere (de preferência, fique em casa) e, caso tenha perdido alguém, desejo muita força.

Post Anterior Próximo Post

O que você pode gostar também

Nenhum comentário

Deixe uma resposta