Browsing Tag

notícia

Moda

Ultra Violet: A cor do ano Pantone 2018

A cor do ano Pantone de 2018: Pantone 18-3838, Ultra Violet

Anualmente a empresa Pantone divulga a cor do ano. Que é um momento no tempo que oferece uma estratégia direcional para o mundo do design e das tendências.

“A Cor do Ano Pantone tornou-se muito mais do que uma tendência no mundo do design e da moda; agora é realmente o resultado de uma reflexão e da identificação daquilo que está em falta no mundo atual”, Laurie Pressman, Vice Presidente do Pantone Color Institute.

E para 2018, a cor escolhida é a minha cor favorita da vida. Confira!

Cor do Ano Pantone 10.02.2017_Pantone_Galaxy_Hero3_7680x4320px_HORIZONTAL

Pantone 18-3838 – Ultra Violet

Criativa, imaginativa, complexa e contemplativa, Ultra Violet sugere os mistérios do Cosmos, a intriga daquilo que ainda está por vir e as descobertas que estão além do lugar onde nos encontramos agora.

Expressa em nuances e carregadas de emoção, a profunda PANTONE 18-3838 Ultra Violet simboliza a experimentação e o não conformismo, levando os indivíduos a conhecer a sua marca única no mundo e expandir as fronteiras através de soluções criativas.

Historicamente sempre houve uma qualidade mística e espiritual relacionada ao Ultra Violet. Esta cor sempre foi associada a práticas de expansão da consciência, oferecendo uma base mais elevada para aqueles que buscam refúgio deste mundo super estimulado. O uso de iluminação em cores violetas e roxas em espaços de meditação e outros locais de encontro, energizam as comunidades que se reúnem ali e inspiram a conexão.

PANTONE COR DO ANO 2018 Ultra Violet _ pantone-color-of-the-year-2018-tools-for-designers-beauty

Como usar a Cor do Ano Pantone 2018

A Pantone criou oito paletas de harmonias com cores diferentes, onde incluiu o PANTONE 18-3838 Ultra Violet para ajudar aos profissionais a utilizar esta cor especial deste ano nos seus projetos e designs. E dentro de cada uma dessas oito histórias de cores, também sugeriram três harmonias de cores.
Segundo a Pantone, nunca houve um momento melhor para ser original e deixar sua própria marca colorida no mundo.

Confira diretamente no site da empresa Pantone.

PANTONE COR DO ANO 2018 Ultra Violet _ pantone-color-of-the-year-2018-tools-for-designers-fashion

prx1

Variedades

Sinal da tv analógica será desligado!

Fim do sinal analógico: O que fazer?

Aqui no blog Devaneios Etc falamos sobre assuntos diversos, como beleza, bem estar, variedades, e hoje o post será sobre a mudança na televisão.

Você sabia que até dezembro de 2018, mais de 1300 cidades do Brasil terão o sinal analógico de TV desligado, e que até 2023 o sinal analógico será desligado em todo o Brasil?

Com essa mudança, todos os canais abertos de televisão passarão a transmitir a programação exclusivamente pelo sinal digital, com o sinal digital, problemas da TV analógica, como ruídos e chiados, vão chegar ao fim.

logo seja digital. fim do sinal analógico de tv

Para continuar assistindo a programação dos canais abertos de televisão, sua casa precisa ser preparada para receber o sinal digital.

>> Fique atenta: Dentro de um mês, no dia 25/10, o sinal da tv analógica será desligado no Rio de Janeiro.

E agora?

Os aparelhos de tv mais recentes, possivelmente tem conversor embutido, mas caso a sua televisão seja analógica, você vai precisar de um conversor e uma antena digital (a antena deve ser UHF e, de preferência, externa, instalada no telhado de casa).

Então, você não vai precisar comprar uma tv moderna, mas precisará de um conversor para cada televisão de sua casa.

seja digital . fim do sinal analógico

Atenção

A Empresa Administradora da Digitalização tem distribuído kits gratuitos, com antena e conversor, para quem participa de programas sociais como: Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e outros. Você pode agendar a retirada do seu kit pelo site Seja Digital .

Dúvidas

Acesse o site Seja digital, neste endereço você confere algumas perguntas e respostas importantes sobre essa mudança: http://www.sejadigital.com.br/duvida

Caso tenha alguma dúvida, ligue gratuitamente para o número 147.

Fonte: Seja Digital , G1

prx1

Variedades

Furacão Irma e o Brasil

Comentando sobre o Furacão Irma e o Brasil

Nos últimos dias o que mais temos visto são notícias a respeito do furacão Irma. E não é a toa, o furacão Irma já está sendo considerado por especialistas o mais poderoso da década no Atlântico. O furacão chegou à categoria 5, que é a mais alta, quando e os ventos superam a marca dos 252 km/h. Segundo a Nasa, os ventos do Irma já ultrapassam os 280 km/h.

Depois de deixar um rastro de destruição no Caribe, a ilha de St Martin ficou destruída, e Barbuda, outra pequena ilha caribenha, está “quase inabitável”, segundo o primeiro ministro de Antígua e Barbuda, Gaston Browne. O furacão Irma atingiu neste domingo as ilhas ao sul da Flórida.

Segundo o Centro de Furacões dos EUA, o furacão Irma perdeu força e foi rebaixado para a categoria 4, mas ainda é um grau alto e preocupante para a população dos locais por onde ele passará.

furacao irma bbc brasil

Segundo especialistas, o Brasil não precisa se preocupar com furacão pois as chances de que isso aconteça por aqui são mínimas.

Historicamente, só um furacão foi registrado na história do Brasil. Chamado de Catarina, ele atingiu o litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina em março de 2004, e ainda há divergências se o Catarina foi de fato um furacão.

Acompanhando através da internet a preparação para a chegada do furacão e os estragos por onde ele passou, precisamos agradecer por estarmos em um país no qual não é comum ter esse tipo de fenômeno natural e também entendermos que devemos cuidar da natureza, pois ela sabe ser impiedosa.

Não importa quão evoluídos sejamos, a natureza consegue ser mais forte e mais rápido do que nós.

Viver no Brasil é ter o privilégio de conviver com a natureza, e não precisarmos nos preocupar com catástrofes naturais da magnitude do Irma.

O Brasil tem um povo alegre, um povo que “se vira nos 30” para viver em meio a gritante desigualdade social, um povo que, infelizmente, ainda não conseguiu se livrar das amarras do passado, o qual não tinham voz e nem possibilidade de pensar por si.

Há 3 dias, no dia 07 de setembro, tivemos o feriado em comemoração da Independência do país, no entanto, realmente somos livres?

Fonte: BBC Brasil

prx1

Variedades

Boneca Polly Pocket vira blogueira

Boneca Polly Pocket vira blogueira e lança vídeos DIY

Não é de hoje que vemos que as blogueiras e youtubers dominaram o mundo, mas agora elas chegaram ao mágico mundo dos brinquedos.

No post de hoje trago essa novidade. Sabia que a boneca Polly agora também tem um canal no Youtube e dará dicas de “faça você mesmo” na série “Dicas da Polly”?

A boneca Polly Pocket virou blogueira e agora vai ajudar todos os seus fãs a ter o melhor dia de todos com suas dicas de DIY (Do It Yourself/Faça Você Mesmo). A marca lançará na América Latina seis vídeos diferentes de atividades lúdicas para promover a criatividade e estimular o trabalho manual nas brincadeiras infantis. Além disso, este é um convite da boneca para os pais participarem destas atividades ao lado dos pequenos em qualquer lugar e com diferentes materiais reciclados ou de preço acessível.

Os vídeos da série “Dicas da Polly” serão postados no Youtube nos canais: Polly Pocket em Português Brasil, para o público brasileiro, e Polly Pocket en Español para o restante da América Latina. Ao todo, serão seis vídeos 45 segundos com diferentes temas de brincadeiras e DIY. Os vídeos ensinarão meninas e meninos a fazer uma cesta de piquenique divertida com material reciclado, receitinhas de picolés de fruta refrescantes, chapéus de papel coloridos e criativos, bexigas d’água inusitadas e até uma máscara de dormir para a festa do pijama mais especial de todas.

Além de serem divulgados na principal plataforma online de vídeos, eles serão transmitidos no canal Disney Channel do Brasil, em cápsulas de 15 segundos, durante a programação do canal até o mês de setembro.

Achei a ideia bem atual e parece que será sucesso, tanto para os pequenos quanto para os adultos.

boneca polly blogueira

Fonte:

Informações para imprensa
In Press Assessoria de Imprensa e Comunicação Estratégica

prx1

Data

Resumo do Carnaval Rio 2017

Carnaval com muita coisa para contar

Oi, pessoal!

Esse ano, oficialmente, o Carnaval Rio de Janeiro 2017 ocorreu entre os dias 25 de fevereiro a 01 de março, mas para a alegria do público, o calendário extraoficial do Carnaval carioca foi iniciado no mês de janeiro com alguns eventos carnavalescos e terminará no próximo domingo (05/03) com vários blocos de rua.

Como aconteceu bastante coisa, no post de hoje trago um rápido resumo do que aconteceu nesses dias de folia na cidade do Rio de Janeiro.

Apesar da crise financeira do país, e a incerteza se haveria festa no Rio de Janeiro, devido a possível paralisação dos policiais (devido a falta de pagamento de salário), houve bastante folia. Blocos de rua agitaram a nossa cidade, tanto no subúrbio, orla e no centro, com muita música e purpurina.

♦ Sem Prefeito

Esse carnaval já começou com o fato diferente, porém não tão inesperado, que foi o do atual prefeito não ter comparecido à cerimônia de entrega da chave da cidade ao Rei Momo (tradição de carnaval), e a nenhum outro evento oficial de carnaval da cidade do Rio.

♦ Acidentes

Houveram problemas com carros alegóricos que marcaram os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial.

Um acidente com um carro da Tuiuti deixou 20 feridos ao atingir pessoas na Marquês de Sapucaí. A União da Ilha sofreu com problemas em seu quinto carro, mas ninguém se feriu. Uma mulher caiu de uma estrutura durante o desfile da Mocidade, mas felizmente ela não teve ferimentos, e no começo do desfile da Tijuca, uma parte de um dos carros afundou e feriu 12 componentes.

Segundo a Riotur, desde a inauguração do Sambódromo do Rio, já ocorreram acidentes durante o carnaval, mas nunca houve um desfile tão conturbado, com acidentes e vítimas graves, como neste ano.

♦ Novas Regras

Após essa série de acidentes nos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro, o Inmetro informou que vai agilizar a criação de regras de padronização na construção dos carros alegóricos. Quando pronta, a regulamentação deve abordar todas as fases de construção de um carro alegórico, começando pela estrutura, parte de propulsão (motores) e funcionamento do carro no momento do desfile, como a parte elétrica.

Além de criar a regulamentação, o Inmetro também deve ser o responsável por vistoriar e aprovar os carros alegóricos antes dos desfiles.

♦ Blocos de rua

Na terça feira 85 blocos saíram ruas do Rio de Janeiro , a partir das 8 da manhã. Em plena Quarta-Feira de Cinzas, 09 (nove) grupos ainda saíram às ruas da cidade no dia que, pela tradição, marca o fim do carnaval.

Apesar de, oficialmente, o carnaval ter acabado, a folia irá até o domingo, com alguns blocos de rua (confira a programação dos últimos bloquinhos no site Diário do Rio).

♦ Apuração

Na quarta-feira é dia da apuração das escolas de samba do grupo especial carioca, e após 33 anos sem vencer, a Portela foi a grande campeã do carnaval do Rio de 2017. Agora a Portela é a escola que mais vezes foi campeã, com um total de 22 títulos.

O bairro de madureira foi tomado pela alegria da vitória, pois as duas escolas campeãs do Carnaval desse ano (série A e grupo especial) são do bairro suburbano ( Império Serrano e Portela).

♦ Mudanças

A Liga Independente das Escolas de Samba do Rio (Liesa), após uma reunião de emergência na tarde de ontem, decidiu não rebaixar nenhuma escola para a serie A este ano. O que teria motivado a decisão foram os acidentes envolvendo os carros da Paraíso do Tuiuti e da Unidos da Tijuca, que deixaram pelo menos 35 pessoas feridas nos desfiles do Grupo Especial entre a noite de domingo (26) e a madrugada de terça-feira (28) de carnaval.

Em função disso, no carnaval de 2018 o Grupo Especial terá 13 escolas desfilando, das quais duas serão rebaixadas para a Série A do carnaval.

♦ Mulheres vítimas

Segundo o jornal Extra, o balanço divulgado pela Polícia Militar revelou que ao menos uma mulher foi agredida a cada quatro minutos. Durante cinco dias de carnaval, entre as 8h do dia 24 de fevereiro e 8h de 1º de março, a polícia atendeu a 15.943 solicitações, destas 2.154 chamadas foram pedidos de socorro sobre violência contra mulher.

♦ Resumo

O Carnaval foi movimentado, teve muito glitter, sereias, unicórnios, maiôs, pochetes, algumas situações bem ruins (acidentes, furtos, assédios, xixi na rua e outras coisas que não vimos mas aconteceram). Temos muito o que melhorar para os próximos anos, mas sem perder o alto astral que esses dias trazem.

resumo carnaval rio 2017

Fonte:

G1 , jornal Extra

prx1