Categoria navegação

Variedades

Variedades

Petisco para gato

Petisco para gato: um mimo que deve ser dado com moderação

Quem me acompanha no Instagram sabe que tenho uma gata. Ter um bichinho de estimação é praticamente como ter um filho, precisamos cuidar, amar e mimar. E para a minha gata, nada melhor do que mimar do que dando “biscoito”. Falou a palavra mágica, biscoito, e  ela mia sem parar até receber (puxou a mãe humana aqui!).

O petisco para gatos é uma forma de agradar seu bichano. É um jeito de atrair seu gatinho quando ele está muito isolado. É o modo de recompensar também por um bom comportamento. Um lanchinho entre as refeições, como um snack, pode deixar ele mais feliz e alegre.

Uma marca de petisco para gato com preço bom e que minha gata adora é a Dreamies.

petisco para gato dreamies5-estrelas

Muitos adestradores ensinam os comandos básicos aos pets através de recompensa positiva, utilizando petisco. E os bichinhos realmente amam receber o mimo. Mas vale ressaltar que tudo em exagero faz mal.

Tipos de petisco para gato:

É sempre bom você ter alguns para variar entre um e outro e obter os benefícios de cada um. E também poder oferecer ao seu gato mais sabores e texturas.

CAT STICKS PARA GATOS

O Cat Sticks é um petisco para gatos que ajuda no combate ao tártaro;

BISCOITOS PARA GATOS

Os biscoitos para gatos existem em diversos sabores, texturas e formatos, além de alguns também possuirem vitaminas na sua composição.

BIFINHO PARA GATOS

Os bifinhos para Gatos possuem vitaminas e nutrientes. Tem formato achatado e comprido. São em sua maioria crocantes por fora e macios por dentro.

É importante lembrar sempre que o petisco para gato não pode substituir a alimentação regular do pet, devendo ser oferecidos como um brinde, um agrado.

Qualquer dúvida quanto ao melhor petisco, ou em caso de reação alérgica, não deixe de levar seu pet para uma consulta com o veterinário.

Abaixo, foto da minha filha bolinah de pelos de 4 patas:

blue devaneios etc

prx1

Data

Carnaval 2018

Ah, o Carnaval! Dias de muito glitter, paetê, diversão, saia de tule e body temático! Hoje o post está recheado de ideias e agenda com todos os blocos de rua!

Começou a contagem regressiva! Amanhã, dia 09 de fevereiro, inicia o carnaval de 2018 e ao todo, serão 437 blocos até a Quarta-Feira de Cinzas.

Sim, essa combinação tomou conta das lojas e camelôs da cidade. E sejamos sinceros, super combina com o clima quente da cidade e com a folia.

Confira abaixo alguma opções bem bacanas para criança, mulher e homem que vende na Riachuelo e em outras fast fashion também é possível encontrar:

carnaval fast fashion riachuelo adulto

carnaval fast fashion riachuelo

carnaval fast fashion riachuelo menino

Opções da loja Oppen:

loja oppen carnaval

♦ Agenda super atualizada dos blocos de carnaval. O que não faltam são opções para curtir o Carnaval!

→ Para conferir a lista completa dos Blocos de Rua do Rio de Janeiro: Clique aqui e monte seu roteiro.

→ Como esse feriado pode e deve ser divertido para todas as idades, o Diário do Rio listou alguns dos bailes e blocos infantis do Rio: Clique aqui

→ Ah, e se você quiser curtir a resseca de carnaval, confira a agenda no Diário do Rio.

Curta os blocos, não dê importância para as filas nos banheiros químicos, os esbarrões e banhos de bebida… não se esqueça de ter atenção com a bolsa, carteira e celular…

O Rio de Janeiro continua lindo e cheio de glitter! Bom carnaval!

prx1

Variedades

Febre Amarela: Dia D no Rio

Novamente um mosquito conseguiu ser mais forte do que o ser humano, e mais uma doença transmitida por um bichinho tão pequeno tem nos deixado preocupados: Febre Amarela.

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um arbovírus (vírus transmitido por mosquito) e que pode levar à morte.

Transmissão

A febre amarela silvestre é transmitida através da picada de mosquitos Haemagogus e Sabethes, que vivem em matas e vegetações à beira dos rios, já a febre amarela urbana é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. Quando o mosquito pica um macaco ou uma pessoa doente, que está com febre amarela, ele torna-se capaz de transmitir o vírus.

 Sintomas

Geralmente, quem contrai este vírus não chega a apresentar sintomas ou os mesmos são muito fracos. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

 Tratamento

Somente um médico é capaz de diagnosticar e tratar corretamente a doença. No entanto, não há nenhum tratamento específico. Mas é importante cuidar dos sintomas como dores no corpo e cabeça, com analgésicos e antitérmicos. Atenção: Medicamentos como aspirina devem ser evitados, já que podem favorecer hemorragias.

♦ Como evitar

A única forma de evitar a Febre Amarela é através da vacinação. A prevenção inclui evitar o contato e a picada pelo mosquito, por meio do uso de repelentes, mosquiteiros impregnados com inseticidas, roupas protetoras, telas em portas e janelas.

 Dia D

No estado do Rio de Janeiro, o Dia D de vacinação contra a febre amarela acontecerá no dia 27 de janeiro (sábado), das 9h às 17hs, em todos os 92 municípios do Rio, e o público alvo dessa campanha são pessoas que possuem idade entre nove meses e 59 anos. Para saber os locais de vacinação no estado do Rio de Janeiro, acesse o site Febre Amarela RJ.

Obs: Antes de se vacinar, questione quais são as restrições, pois algumas doenças e medicamentos não são compatíveis com a vacina. Mulheres grávidas ou que estejam amamentando também não podem receber a vacina.

Obs: Outros estados também terão o dia D para vacinação, então fique atenta(o) nas mídias.

Vale lembrar que os macacos não são responsáveis pela transmissão da febre amarela. A doença é transmitida através da picada de mosquitos.

Fonte:

www.riocomsaude.rj.gov.br

Fiocruz

prx1